Odisseia

Estreou no início deste ano na RTP uma nova série de ficção de produção nacional. Escrito por Tiago Guedes, Bruno Nogueira e Gonçalo Waddington, conta com estes dois atores como protagonistas de uma viagem pelo país numa autocaravana, filmada no verão de 2012. É descrito pelos próprios como “uma série sobre pessoas que estão a tentar fazer uma série”; conta duas narrativas cruzadas: a dos dois amigos numa viagem sem rumo definido e aquela que pretende ser a documental sobre a conceção e realização da série. Não faltam interrupções e comentários dos autores ao próprio texto ou os bloopers incluídos no seguimento das cenas. Conta ainda com participação regular de Nuno Lopes, de Carla Maciel, mulher real e ficcional de Gonçalo, Miguel Borges e muitas participações especiais, com destaque para a enorme Rita Blanco no 4º episódio.

132201319954

Confesso que, a princípio, não estava com vontade de ver este novo programa. Não tenho o hábito de ver televisão em tempo de aulas e, além disso, pensei que esta série seguiria os mesmos moldes de outras que têm passado pela estação pública. Mas, curiosa com críticas que fui lendo após a estreia, e graças à RTP PLAY, decidi-me a ver de que se tratava. E a verdade é que fiquei muito bem impressionada. Algures entre o drama e a comédia, Odisseia destaca-se e distancia-se de todas as que pude ver até agora. Não sei o que esperar em cada episódio e o fim de cada um deles deixa-me desejosa de mais.
À semelhança de Último a Sair, Bruno Nogueira e companhia conseguem trazer até nós uma série original, que parece pensada ao milímetro para surpreender, confundir e dividir opiniões. Muitos têm elogiado a série e escrito sobre a lufada de ar fresco que apareceu na grelha da RTP e no humor nacional, tantos quantos os que têm escrito e fundamentado o quanto odeiam o programa. Na minha opinião, o texto é bom e este tipo de comédia de situação é particularmente divertido – bom humor a surgir do drama; gosto de ser surpreendida e Odisseia está repleto de momentos inesperados e pequenos detalhes muito inteligentes; tudo está muito bem filmado e editado (falamos do realizador de Coisa Ruim) e conta com seguras interpretações de Gonçalo, Bruno e Nuno Lopes.
odisseia
 Por esta altura, já toda a série foi escrita, filmada e montada e os (à data em que escrevo) 8 episódios que ainda faltam ser transmitidos não sofrerão alterações. Resta-me aguardar pelos próximos capítulos e esperar que não me façam arrepender das linhas elogiosas escritas acima. A ficção nacional precisa de (esta) qualidade.
Todos os programas estão disponíveis no site da RTP em http://www.rtp.pt/programa/episodios/tv/p29649.
Anúncios
Esta entrada foi publicada em Cinema e Televisão. ligação permanente.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s